Sobre a Alma dos Carros

Quando dizem que os carros têm alma, não é à toa, e talvez nem seja uma comparação com seres humanos, como poderia parecer na primeira impressão. Para mim, são aqueles detalhes que vão impregnando o conjunto de metais e plásticos, dando a história das vidas que passaram pelos seus bancos, assumiram o comando, viajaram e se divertiram, passearam em dias de sol, ficaram protegidos de chuva e frio e, principalmente, dos que tomaram conta e os mantiveram em condições de repetir esses momentos com outras gentes, mesmo depois da morte de quem decidiu comprá-los. Ontem tive uma experiência que revelou um pouco mais da alma do meu carro: conheci a filha da primeira proprietária. A senhora está com cerca de oitenta anos e contou que seu pai dera o carro para sua mãe, por sugestão e escolha de sua irmã que – adivinhem – era apaixonada por automóveis Alfa Romeo. Também lembrou como fui escolhido para ser o novo dono, duma forma muito parecida com a doação de um bicho de estimação, quando se procura um lar que possa dar conforto e segurança para a criatura. Ao nos despedirmos, deu-me um forte abraço e me beijou. Foi comovente.

.

.

Anúncios

About hruas

Carrovelhista

3 responses to “Sobre a Alma dos Carros”

  1. Marcus Myrrha says :

    Hélio,
    Você é um poeta! Emociona e faz rir seus leitores e interlocutores.
    Parabens pelo blog e pela musa que o inspirou e inspira a todos nós, alfistas!
    Abraços!
    Marcus Myrrha.

  2. Marcelo Paolillo says :

    Continue meu amigo, esse carro tem muita historia e so voce para contar……um abra’co

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: